top of page
  • Foto do escritoradmin

ROLLING STONE: ÁLBUM COM DESCARTES DE MILEY REPERCUTE NA WEB

Atualizado: 3 de mai. de 2023

Um álbum com canções de Miley Cyrus sobre términos e possíveis demos descartadas surge sob pseudônimo na web. "Down With Me", o álbum de 12 faixas de canções lançado sob o nome de Clara Pierce, foi carregado em serviços de streaming no mesmo dia que o último álbum da cantora, Endless Summer Vacation, foi lançado. Será...? Confira a tradução do artigo da Rolling Stone sobre o curioso e suspeito caso:


EM 10 DE MARÇO, Miley Cyrus voltou aos holofotes com seu oitavo álbum de estúdio, Endless Summer Vacation. Não foi bem o álbum de divórcio devastador que ela deveria lançar, com suas ruminações sobre a dissolução de seu relacionamento com Liam Hemsworth, entre as faixas disco dançantes e hinos de amor próprio que ele trouxe. Toda a coragem e indulgência emocional, ao que parece, podem ter sido guardadas para Down With Me, o álbum de 12 faixas com os vocais de Cyrus lançado no mesmo dia sob o pseudônimo de Clara Pierce.


A artista tem cerca de 250 ouvintes mensais no Spotify, cerca de 79 milhões a menos do que Cyrus possui no serviço de streaming. Todas as canções do disco são creditadas como tendo sido escritas por Willian Cordeiro, exceto uma canção intitulada "I Don't Wanna Tell You Lies", que é creditada a Carla Pierce. Sem nenhuma promoção formal de Down With Me, nem mesmo uma única colocação em qualquer uma das listas de reprodução editoriais da plataforma, é possível que Cyrus simplesmente não quisesse ser encontrada - se ela mesma carregasse as músicas, claro.


A arte do álbum apresenta o título rabiscado em uma paisagem montanhosa típica do Pinterest, com a fonte Rae Dunn. A foto da conta apresenta a imagem de uma mulher que não poderia ser menos parecida com Cyrus. Mas ótica à parte, Cyrus tem um dos timbres mais distintos da música pop. Depois que os fãs se depararam com a conta, não havia dúvidas sobre de quem era a voz. E, ao contrário dos artistas que recentemente lançaram músicas à sua semelhança com as quais não tinham nada a ver, nenhum algoritmo em um programa de Inteligência Artificial poderia ter identificado os padrões vocais e o estilo de composição de Cyrus com tanta eficiência.


A outra possibilidade é que as músicas sejam vazamentos de alta qualidade dos álbuns anteriores de Cyrus, incluindo Bangerz, Miley Cyrus & Her Dead Petz e o EP de 2019, She is Coming. Os representantes de Cyrus não responderam imediatamente ao pedido de comentário da Rolling Stone.


Além das conexões óbvias, como “Sagittarius” sendo intitulado devido ao signo da cantora, e a referência para seu primeiro álbum em “See You Again”, uma série de canções no álbum traçam paralelos diretos com sua carreira. Em “Sagittarius”, ela faz referência a um single de She Is Coming, cantando: “Eu te disse uma vez antes, sou a filha da mãe”.


She Is Coming era para ser o precursor de She is Miley Cyrus, um álbum que ela nunca lançou. “Logo quando pensei que o conteúdo do trabalho estava terminado… ele foi TODO apagado. Incluindo a maior parte da relevância das músicas. Porque TUDO havia mudado,” disse ela antes de lançar Plastic Hearts, referindo-se à perda do material no incêndio em sua casa em 2018. “A natureza fez o que agora vejo como um favor e destruiu o que eu não podia abrir mão sozinha. Perdi minha casa em um incêndio, mas me encontrei em suas cinzas.”


Ela acrescentou: “Felizmente, meus colaboradores ainda tinham a maior parte das músicas que foram queimadas em diários e computadores cheios de músicas para a série de EPs em que eu estava trabalhando na época. Mas nunca pareceu certo lançar minha “história” (cada disco sendo uma autobiografia contínua) com um grande capítulo faltando.”


“At Least I Can Say That I Tried”, que aparece na primeira metade do disco misterioso, ecoa os elementos temáticos do single único de Cyrus, “Slide Away”, onde ela canta: “Eu quero minha casa na colina / Não quero uísque e pílulas.” Na música secreta, ela dá um passo adiante: “Parece um exagero/Não preciso de outra pílula/Me perdi no caos/Você não sabe quando parar/Quando eu acordo, olho para ele/ Ele ainda está tão fodido/estou sempre com medo do que vou encontrar.”


E “At Least I Can Say That I Tried” é comumente conhecida entre os fãs de Cyrus como “1000 times (Been Through This)”, uma demo que ela gravou para uma colaboração com Juice WRLD que nunca se materializou. No domingo, o ex-empresário do falecido rapper, Pete Jideonwo, compartilhou um post de uma conta de fã sobre a música, insinuando um possível lançamento oficial.


O álbum e os singles lançados anteriormente por Carla Pierce, “I’ll Never Get Hurt Again” e “Without You”, que foram carregados em 2021 e 2022, respectivamente, não estão mais disponíveis no Spotify. Down With Me está listado no Apple Music e pode ser encontrado no YouTube.



*Atualização 28-04: O álbum Down With Me não está mais disponível nas plataformas, e o Popline acredita que o criador do álbum é um brasileiro...(???)


*ATUALIZAÇÃO 03-05:  A irmã de Miley Brandi Cyrus falou sobre o perfil de Clara Pierce no Spotify e disse que ela e Tish não faziam ideia e elas pensaram que era outro boato como o de Flowers no Tiktok, mas depois ouviram e também ficaram surpresas por realmente soar como Miley nas músicas. Mas isso todos sabem. O que as duas ignoraram por completo foi o questionamento principal do Tiktok e da Rolling Stone... mas Brandi mencionou algo importante: ela revelou que Miley sabe das mensagens de frustração e questionamentos constantes dos fãs devido à sua ausência nas mídias, e que é cansativo lidar com tweets de smilers exigindo uma mudança no marketing e na publicidade da artista. Vídeo pelo @hqmileynow, a seguir.




Comments


bottom of page