top of page
  • Foto do escritoradmin

ACADEMIA DO GRAMMYS EXALTA MILEY EM NOTA OFICIAL

Atualizado: 15 de nov. de 2023

Enquanto os sem noção do Pitchfork se contorcem no buraco onde habitam, membros da academia do Grammy Awards exaltam Miley Cyrus publicamente em comunicado oficial:


Contribuintes do site Pitchfork, que é constantemente levado a sério em redes sociais como o termômetro oficial de validação de álbuns musicais pegando resenhas de sites conceituados par criar uma média numérica que apenas favorece opiniões pessoais - sendo assim ignoram muitas resenhas que elogiam álbuns para diminuírem suas notas - acaba de entregar a falcatrua e imparcialidade de suas avaliações sobre os trabalhos de Miley Cyrus.


Que o Pitchfork ODEIA a Miley, não é nenhuma novidade. Há anos eles deterioram a artista (e a pessoa por trás dele), selecionando notas e textos esdrúxulos que não fazem juz ao desempenho profissional dela. No entanto, ontem, uma série de comentários maldosos sobre as indicações de Miley no Grammys, dos seus "contribuintes" ou editores, repercutiu na Internet, e foram notados pela fã base de Miley, os Smilers.



Nos comentários, claramente vemos a falta de comprometimento de ditos "jornalistas" que tentam emplacar um site cada vez mais f*did* de opiniões - dizendo que Miley não merecia em hipótese alguma ser indicada ao Grammy Awards, e criticando o hino "Flowers". Os comentário chegam a ser infantis de tanta falta de profissionalismo, e só deveriam ser usados para mostrar como o Pitchfork é UMA FARSA.


Ora, se até a academia do Grammy finalmente se rendeu à qualidade de Miley, quem é o Pitchfork na fila do pão, mesmo? Aliás, por que ainda estamos falando deles? Vamos aos fatos e o que importa!



Além de curtir as publicações de Miley agradecendo à Academia, fãs e equipe pelas indicações, a página do Grammys postou um comunicando oficial onde se refere à cantora como "Rainha Pop de Longa Data", e faz menção à Variety: "É hora de dar a Miley suas Flores":



Tradução: "Miley Cyrus - Endless Summer

É hora de dar as flores a Miley Cyrus. A artista indicada ao GRAMMY já conquistou o ouro no início deste ano, com seu libertador single 'Flowers', quebrando recordes a torto e a direito. A faixa floresce com o doce néctar da independência, e esse abraço de liberdade é o coração de Endless Summer Vacation.

O título de seu álbum denota uma extensão perpétua até a eternidade, mas se há uma coisa pela qual Cyrus é conhecida, é pelas mudanças. Seja alterando radicalmente seu estilo ou mudando sua estética, a Rainha do Pop de longa data sabe que a adaptabilidade criativa é um de seus muitos pontos fortes.

'Endless Summer Vacation' destaca essa versatilidade, desde Cyrus absorvendo calorosamente 'Violet Chemistry' até refletir sobre quando ela 'Used To Be Young'.

Seu tom grave característico combina com a produção praiana e infundida de disco presente no álbum - uma grande mudança do punk rock inflexível do antecessor Plastic Hearts (2020), ou o power pop-trap destacado em seu EP de 2019, SHE IS COMING.

Essa indicação não apenas glorifica o Endless Summer Vacation como um destaque importante na carreira, mas também aplaude a resiliência da cantora após anos de mudança de forma musical — faz tempo que Cyrus merecia essas férias."


Quero dizer... é mesmo preciso dar alguma atenção à site oco, parcial e incoerente quando temos ESTE nível de aclamação de seu trabalho? Não é para poucos, e Miley cada vez mais irá dominar despretensiosamente o título de maior vocalista feminina da história. Podem anotar, que o colapso é certeiro. E nós NUNCA duvidamos disso. É só uma questão de tempo para todos verem o que seus admiradores e fãs mais atentos sempre souberam.



ATUALIZAÇÃO 14/11: As redes sociais do Grammy Awards seguem enaltecendo Miley - inclusive citando "Wonder Woman", a última faixa do "Endless Summer Vacation", em post sobre a artista 📣




O número de indicações de Miley também foi atualizado no site do Grammy 💞



Kommentare


bottom of page